Gramática Online: Classes Gramaticais – Verbo (Parte 6): Tipos de Verbos


Seu objetivo: Entender a classificação dos verbos (verbos regulares, verbos irregulares, verbos anômalos e verbos defectivos).

Verbos Regulares: são aqueles que seguem rigorosamente o modelo de conjugação, sem sofrerem alterações no radical.

Exemplo:

Eu canto
Tu cantas
Ele canta
Nós cantamos
Vós cantais
Eles cantam

Observe que o verbo cantar é um verbo regular porque segue o padrão de conjugação.

Outros exemplos: nadar, vender, viajar, escrever, digitar, lembrar.

Verbos Irregulares: são aqueles que não seguem o modelo de conjugação, podendo sofrer alterações no radical ou nas desinências. Porém, eles ainda guardam características do verbo original.

Exemplo: verbo “haver”

Eu hei
Tu hás
Ele há
Nós havemos
Vós haveis
Eles hão

O verbo “haver”, de segunda conjugação (terminado em ER), não segue rigorosamente o modelo de conjugação dos verbos regulares. Se o verbo “haver” fosse regular, nós deveríamos dizer “eu havo”, “tu haves”, “ele have”, etc.

Outros Exemplos: estar, ver, vir, ter, pôr, crer, rir, sorrir, medir, caber, fazer, dizer, saber, trazer, poder, valer.

Verbos Anômalos: são aqueles que possuem conjugações completamente diferentes do verbo original.

Exemplo: verbo “ser”
Eu sou
Tu és
Ele é
Nós somos
Vós sois
Eles são

Observe a conjugação da segunda e da terceira pessoa do singular: “tu és” e “ele é”. “És” e “é” são bem diferentes da palavra “ser”.

Agora, veja o pretérito perfeito:

Eu fui
Tu foste
Ele foi
Nós fomos
Vós fostes
Eles foram

Note que, agora, as conjugações do verbo “ser” começam com a letra “f” e não com a letra “s”, se diferenciando totalmente do verbo original.

Outro Exemplo: verbo “ir”.

Eu vou (presente), eu fui (pretérito perfeito), eu ia (pretérito imperfeito), etc.

Verbos Defectivos: são aqueles que não possuem todas as pessoas em sua conjugação.

Exemplo: verbo colorir

Eu -
Tu colores
Ele colore
Nós colorimos
Vós coloris
Eles colorem

Observe que o verbo “colorir” não tem conjugação na primeira pessoa (não existe “eu coloro”). Portanto, o verbo “colorir” é defectivo.

Outros Exemplos: abolir, banir, colorir, demolir, exaurir, explodir, extorquir, falir, acontecer, suceder, ocorrer, doer.

Verbos Impessoais: são aqueles que não especificam pessoas (eu, tu, ele, nós, vós, eles), ou seja: não possuem algo ou alguém realizando a ação verbal.
São verbos impessoais:

1) aqueles que indicam fenômenos da natureza. Exemplos: chover, anoitecer, nevar, ventar, relampear, trovejar, etc).

2) Verbo HAVER indicando tempo decorrido ou existência. Exemplos: “estou esperando aqui há mais de uma hora” (tempo decorrido), “havia vinte pessoas na fila” (existência).

3) Verbo FAZER indicando tempo decorrido. Exemplo: “estou esperando aqui faz mais de uma hora”.

4) Verbo BASTAR  e CHEGAR com o sentido do verbo PARAR. Exemplos: “Chega de palhaçada”, “basta de palhaça”.

Verbos de Ligação: são aqueles que não indicam ação, mas sim estado ou mudança de estado, ligando algo ou alguém à sua característica. Exemplo: “eu sou bonito”. “Ser bonito” não é uma ação, mas sim um estado, uma característica. Portanto, o verbo “ser” é um verbo de ligação que faz a ligação entre “eu” e “bonito”, sua característica.

Outros Exemplos: estar, parecer, permanecer, ficar, continuar, andar.

Verbos Auxiliares: são aqueles que, ao lado de outro verbo, formam os tempos compostos e as locuções verbais e indicam o tempo, o número e a pessoa.

Verbos Principais: são aqueles que ficam ao lado dos verbos auxiliares e são expressos em uma das formas nominais (infinitivo, gerúndio e particípio).

Exemplo: Vou correr atrás do ônibus. A locução verbal “vou correr” é formada pelo verbo auxiliar (“vou”), que indica o tempo, o número e a pessoa, e é formada pelo verbo principal (“correr”), que está no infinitivo (uma das três formas nominais).

Antes que você pergunte: as locuções verbais são expressões formadas por um verbo auxiliar e por um verbo principal. Os tempos compostos são as locuções verbais construídas pelos verbos auxiliares TER e HAVER

Próximo assunto: Advérbio

Nenhum comentário:

Postar um comentário