Gramática Online: Estrutura das Palavras (Parte 1) - radical, vogal temática, tema e afixos



Seu objetivo: entender o que é radical, vogal temática, tema e afixos.

Observação: É importante que você leia todos os exemplos porque eles foram criados de modo a evitar confusões e dúvidas futuras.

Hoje nós vamos começar a estudar a estrutura das palavras, ou seja: vamos entender como as palavras são formadas e criadas. As palavras são formadas por letras e as letras formam sílabas. Porém, as letras também formam outras estruturas chamadas de morfemas. Vamos, então, estudar os morfemas. 

Radical: é a parte da palavra que guarda o significado original da palavra. 

Exemplo 1: Nas palavras FERRO, FERREIRO e FERRUGEM, o termo FERR guarda o significado original das palavras. Portanto, FERR é o radical.

Exemplo 2: O radical de LINDA é LIND, assim como em LINDÍSSIMA e LINDO. Todas essas palavras estão associadas ao significado do radical LIND.

Exemplo 3: Na palavra PEDRA, o radical é PEDR (é o termo que guarda o significado da palavra). Outras palavras que tenham esse radical também estarão associadas a esse significado: PEDRADA, PEDREIRA. Porém, o radical pode sofrer pequenas variações de uma palavra para outra. É o caso de PETRIFICAR (o radical mudou de PEDR para PETR).

Vogal temática: ela aparece logo depois do radical desde que a palavra não seja atemática, ou seja: desde que não seja oxítona ou termine com consoante. Ela pode ser verbal ou nominal. Será verbal se a palavra for um verbo e será nominal se a palavra for um nome (ou seja: se não for verbo).

Exemplo 1: Na palavra FERRO, o radical é FERR e a vogal temática é O, que aparece logo depois do radical. Como “ferro” é um nome (não é verbo), então a vogal temática é nominal.

Exemplo 2: Na palavra FERREIRO, o radical é FERR e a vogal temática é E (aparece logo depois do radical). Como “ferreiro” é um nome (não é verbo), então a vogal temática é nominal.

Exemplo 3: Na palavra CAFEZAL, o radical é CAFE e a vogal temática é A.

Exemplo 4: Na palavra CAFÉ, o radical é CAFE e como a palavra é oxítona (a última sílaba é tônica) ela não tem vogal temática (só tem radical). Portanto, como CAFÉ não tem vogal temática, CAFÉ é uma palavra atemática.
Exemplo 5: A palavra BÔNUS termina em consoante, portanto é uma palavra atemática (não tem vogal temática). Outros exemplos: lápis, fêmur.

Exemplo 6: Na palavra CANTAR, o radical é CANT e a vogal temática é A (aparece logo depois do radical). Como “cantar” é um verbo, a vogal temática é verbal.

Observação: A vogal temática verbal indica a conjugação do verbo, ou seja: se o verbo é de primeira conjugação (termina em AR e a vogal temática é o A), segunda conjugação (termina em ER e a vogal temática é o E) ou de terceira conjugação (termina em IR e a vogal temática é o I).

Exemplo: Em “eles CANTARAM”, o radical do verbo é CANT e a vogal temática é A. Essa vogal temática indica que o verbo (CANTARAM) é uma conjugação de um verbo (CANTAR) que pertence à primeira conjugação (CANTAR – termina em AR).

Agora que você entendeu o que é radical e vogal temática, vai ser muito simples entender o que é tema.

Tema: é simplesmente a união do radical com a vogal temática.

Exemplo: O tema de FERREIRO é FERRE (FERR + E = radical + vogal temática).

Afixos: são elementos que se juntam ao radical e eles podem ser de dois tipos: prefixos (aparecem antes do radical) e sufixos (aparecem depois do radical).

Exemplo 1: Na palavra BISNETO, o radical é NET e o prefixo é BIS (porque aparece antes do radical). 
Exemplo 2: Na palavra BELEZA, o radical é BEL e o sufixo é EZA. (porque aparece depois do radical).

REVISÃO

O radical é a parte da palavra responsável pelo seu sgnificado. 
A vogal temática é aquela que aparece depois do radical (quando a palavra não varia quanto ao gênero masculino ou feminino).
O tema é a união do radical com a vogal temática.
Os afixos são elementos que se juntam aos radicais e podem ser prefixos (quando aparecem antes dos radicais) ou sufixos (quando aparecem depois dos radicais).

Próximo assunto: Desinência Nominal



Um comentário: