Gramática Online: Análise Sintática II (parte 3) – Orações Subordinadas





Seu objetivo: entender o conceito de oração coordenada e sua classificação.

Oração Subordinada: é aquela que funciona como termo sintático de outra oração (que é chamada de principal). Sendo assim, ela é classificada de acordo com a função sintática que ela desempenha na oração principal.

Observação: você só vai conseguir entender esse assunto se você entendeu os assuntos do Módulo I. Afinal, a classificação das orações subordinadas funciona de acordo com os assuntos do Módulo I.


Exemplo 1: Na oração “eu necessito de sua ajuda”, o termo “de sua ajuda” é o objeto indireto da oração. Agora, se eu transformar esse objeto indireto numa outra oração, essa nova oração estará funcionando como o objeto indireto da primeira oração. Veja: “eu necessito que você me ajude”. Agora, com dois verbos, nós temos duas orações: “eu necessito” (o verbo é “necessito”) e “que você me ajude” (o verbo é “me ajude”, verbo pronominal). A segunda oração (que você me ajude) funciona como o objeto indireto da primeira (eu necessito). Logo, a primeira oração (eu necessito) é chamada de oração principal e a segunda oração (que você me ajude) é a oração subordinada.



Exemplo 2: Na oração “Roberto foi trabalhar pela manhã”, a expressão “pela manhã” é um adjunto adverbial temporal. Se eu trocar esse adjunto adverbial por uma oração, então essa nova oração estará subordinada à primeira oração. Veja: “Roberto foi trabalhar quando o dia nasceu”. A oração “quando o dia nasceu” está funcionando como adjunto adverbial temporal da oração “Roberto foi trabalhar”. Então a segunda oração (quando o dia nasceu) está subordinada à oração principal (Roberto foi trabalhar).

Classificação das Orações Subordinadas: as orações subordinadas se classificam de acordo com as funções que eles desempenham na oração principal.

Orações Subordinadas Substantivas: são aquelas que completam o sentido dos outros termos da função principal, funcionando como substantivos. Podem fazer o papel do sujeito, dos objetos, do complemento nominal, do predicativo, do aposto ou do agente da passiva de uma oração principal.

Orações Subordinadas Adjetivas: são aquelas que funcionam como adjuntos adnominais da oração principal.

Orações Subordinadas Adverbiais: são aquelas que funcionam como adjuntos adverbiais da oração principal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário